Para comemorar os 30 anos, criamos uma linha do tempo com os principais marcos do Game Boy. Vale lembrar que, com exceção dos lançamentos no Japão, as datas estão correlacionadas com às versões dos Estados Unidos.

A Nintendo renovou o mercado de jogos com o Game Boy. Foram 15 anos de jornada até que a linha Nintendo DS entrasse e desse uma repaginada nos portáteis Nintendo.

21 de abril de 1989 – A Nintendo lança o Game Boy

O Game Boy original foi criado por Gunpei Yokoi, produtor do inovador Metroid, jogo de plataforma e exploração para o Nintendo Entertainment System (NES).

O Game Boy era um console portátil de 8 bits que suportava trocar seus jogos através de cartuchos, embora sua tela pudesse exibir apenas jogos em quatro cores de cinza (esverdeados).

Pessoa jogando o Game Boy Classico
*plôimmm* – O som do Game Boy Classico

Super Mario Land, um jogo semelhante ao Super Mario Bros. do NES foi o jogo de lançamento mais notável.

View this post on Instagram

Começando com Super Mario Land na #weekofgameboy ?

A post shared by Game Boy Club (@game_boy_club) on


31 de julho de 1989 – O Game Boy é lançado nos E.U.A. com o Tetris

Enquanto o lançamento nos Estados Unidos também ganhou Super Mario Land, o jogo de quebra-cabeças Tetris causou um impacto maior. O jogo vinha junto com o Game Boy, com 35 milhões de cópias vendidas, foi o jogo mais vendido do Game Boy.

Edição do Game Boy que vinha o Tetris junto

01 de agosto de 1992 – O lançamento de Kirby’s Dream Land

Enquanto a maioria das franquias notáveis ​​da Nintendo, como Mario e Zelda, se estabeleceram em consoles e depois apareceram no Game Boy, a série Kirby estreou no portátil.

Cartucho Kirby's Dream Land para o Game Boy
Kirby parecia mais um fantasminha na arte do cartucho

28 de junho de 1994 – O Super Game Boy

O Super Game Boy era um cartucho para o Super Nintendo que tinha entrada para cartuchos de Game Boy – Com isso você poderia jogar títulos do Game Boy na Televisão. Certos jogos, como a versão de Donkey Kong, recebiam cores e outros aprimoramentos se jogados no Super Game Boy.

Garoto jogando Donkey Kong do Game Boy no Super Nintendo.
Super descolado jogar os clássicos do Game Boy no Super Nintendo

14 de agosto de 1995 – Chega o Virtual Boy

O Virtual Boy era um sistema portátil que Gunpei Yokoi também criou. Ele simulou uma visualização em 3D dos jogos, mas só pôde exibi-los em preto e vermelho. Ao contrário do Game Boy, foi um grande fracasso. Você pode conhecer mais sobre ele na nossa matéria “Uma retrospectiva no Virtual Boy”.

21 de julho de 1996 – Game Boy Pocket

O Game Boy Pocket era uma versão mais compacta e “magra” do Game Boy, sua tela ganhou um contraste e tamanho melhor, perdendo os tons verdes do aparelho original. Utilizavam duas pilhas palitos (AA) e a autonomia da bateria era maior.


04 de outubro de 1997 – Morre Gunpei Yokoi

Um acidente de trânsito leva embora o pai do Game Boy.

Gunpei Yokoi – O papai do Game Boy

01 de junho de 1998 – Lançados o Game Boy Camera e Game Boy Printer

O Game Boy Camera permite que você tire e edite fotos com o seu Game Boy, foi a primeira câmera portátil doméstica do mundo e caiu no gosto do público. Utilizando a impressora térmica Game Boy Printer você pode imprimir suas fotos. Jogos compatíveis com o acessório traziam stickers para impressão.

View this post on Instagram

Novo item da nossa coleção ?

A post shared by Game Boy Club (@game_boy_club) on


28 de setembro de 1998 – Pokémon Red & Blue

Pokémon vira febre como um jogo RPG onde os jogadores capturam, treinam e lutam para conseguir os 151 monstrinhos de bolso diferentes. A Nintendo também trouxe o anime da franquia e o popular jogo de cartas “Pokémon – Trading Card Game”.

Hoje, ainda é uma das maiores propriedades da Nintendo e pelo menos uma nova geração de lançamentos de jogos Pokémon em todos os sistemas portáteis da Nintendo. Esses jogos estão sempre entre os mais vendidos para seus respectivos sistemas.


18 de novembro de 1998 – Lançado o Game Boy Color

O Game Boy Color foi o primeiro sucessor do Game Boy original. Como o nome indica, ele tem a tela colorida e pode suportar até 56 cores.

Ele recebeu melhorias de desempenho no hardware por críticas dos desenvolvedores que achavam o Game Boy original muito limitado para a programação e com isso não conseguiam atingir a qualidade que queriam em seus jogos.

O Game Boy Color era compatível com versões anteriores, o que significa que também poderia jogar jogos originais de Game Boy.

Enquanto o Game Boy original dominou o mercado portátil por quase 10 anos antes de receber uma atualização adequada, a Nintendo substituiria o Game Boy Color em menos de três anos.

View this post on Instagram

Kit apagão ?

A post shared by Game Boy Club (@game_boy_club) on


21 de junho de 2001 – Lançado o Game Boy Advance

Sucessor do Game Boy Color, o Game Boy Advance é equipado com um processador de 32-Bits e com gráficos semelhantes ao Super Nintendo.

Possuí compatibilidade com jogos do Game Boy Color e original.


17 de setembro de 2002 – Lançamento do e-Reader

O e-Reader é um acessório para o Game Boy Advance que pode ler dados de cartões. Esses dados se transformaram em conteúdo adicional para jogos do Game Boy Advance e versões completas dos jogos originais do NES. Algumas cartas do Pokémon Trading Card Game também eram compatíveis com o acessório.


23 de março de 2003 – Melhorias significativas com o lançamento do Game Boy Advance SP

O SP era um novo modelo do Game Boy Advance que apresentava uma tela retroiluminada. Ele também introduziu um design semelhante a uma concha (abre e fecha) que a maioria dos portáteis da Nintendo adotou desde então.


24 de junho de 2004 – O Game Boy Player chegava para o GameCube

O Game Boy Player era um acessório que ficava na parte inferior do console do GameCube. Podia jogar jogos de Game Boy, Game Boy Color e Game Boy Advance, semelhante ao Super Game Boy.


19 de setembro de 2005 – O pequeno Game Boy Micro

O Micro foi uma versão redesenhada do Game Boy Advance que deixou de lado um recurso notável do Game Boy Advance: A compatibilidade com os jogos Game Boy e Game Boy Color originais, para que o portátil possa ser o menor possível.

Lançado um ano após o Nintendo DS, o sistema portátil de sucesso que substituiu a marca Game Boy, essa foi a última versão do Game Boy que a Nintendo lançaria.

View this post on Instagram

Relembrando os velhos tempos ? ? ?

A post shared by Game Boy Club (@game_boy_club) on


06 de junho de 2011 – Os jogos do Game Boy chegam no Virtual Console do Nintendo 3DS

A Nintendo criou originalmente o Virtual Console para o Wii, para que as pessoas pudessem comprar, baixar e jogar jogos clássicos da Nintendo. O Nintendo 3DS inclui uma versão da loja digital que vende jogos Game Boy e Game Boy Color. Os jogos da Game Boy Advance também se tornariam disponíveis, mas apenas para aqueles que compraram a Nintendo 3DS no lançamento. (Um corte significativo no valor do Nintendo 3DS fez com que muitos consumidores ficassem revoltados. Com isso a Nintendo lançou o Nintendo 3DS Ambassador Program, onde foram disponibilizados jogos do NES e do Game Boy Advance como cortesia.)


03 de abril de 2014 – Jogos do Game Boy Advance chegam ao Virtual Console do Wii U

Semelhante ao serviço do Nintendo 3DS, O Virtual Console do Wii U oferece jogos clássicos. Enquanto a versão para o Wii U tinha originalmente ficado como console doméstico, os títulos da Game Boy Advance acabaram por aparecer na loja digital. Os jogos do Wii U Virtual Console podem ser exibidos em uma TV ou no controle de tablet do sistema.

Super Mario Advance 4 - Super Mario Bros. 3 no Virtual Console do Wii U
Super Mario Advance 4 – Super Mario Bros. 3 no Virtual Console do Wii U

O game boy recebeu uma vasta biblioteca de jogos. Desde o Game Boy original até o Game Boy Advance, temos por volta de 3.400 jogos lançados oficialmente. Sem contar também os acessórios lançados para cada portátil.

A equipe Game Boy Club parabeniza todos os fãs e simpatizantes do Game Boy. Um abraço a toda a nossa comunidade do Facebook, amigos e parceiros que nos ajudam a preservar a história do Game Boy e outros portáteis Nintendo através das redes sociais e no nosso site.

View this post on Instagram

Bye-bye #kirby! :3

A post shared by Erick Luis – SiggyKun (@siggykun) on

E você, qual os jogos do Game Boy que te marcaram ao longo desses anos? Conta para nós nos comentários!

Artigo Anterior
The Legend of Zelda: Link's Awakening DX
Próximo Artigo
Vamos falar de TETRIS!


Comentários


SiggyKun

Um retro-gamer louco e apaixonado por 8-Bits, pixel-art e um leão. Sou fissurado por emuladores, que foi aonde eu adquiri paixão total pelos portáteis. Meu primeiro contato real com um Game Boy foi aos 20 anos onde ganhei um com Pokémon Yellow. Sou pai de um Nintendo 2DS, um PSP e um Game Boy Pocket que é o meu xodó!


Compartilhe